MTV Brasil

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Fórum Mundial do Meio Ambiente propõe reflexão sobre hábitos de consumo

Publicado Por: Agência Efe
Foz do Iguaçu (Brasil), 22 jun (EFE).- O 4° Fórum Mundial do Meio Ambiente, que foi realizado na cidade de Foz do Iguaçu, terminou neste sábado com uma chamada para analisar o impacto do consumo nos recursos hídricos do planeta.

A chamada Carta de Foz do Iguaçu, que reuniu as conclusões gerais do fórum, destacou a necessidade de uma mudança radical nos padrões de consumo e produção, levando em conta a situação alarmante dos ecossistemas e dos recursos hídricos.

Outro 
Publicidade
ponto proposto foi a formulação e implementação de políticas públicas inovadoras por parte do Governo federal e dos entes regionais que garantam a proteção, distribuição eficaz e o acesso à água e saneamento para todo o país a curto prazo.

O governador do Pará, Beto Richa, declarou no encerramento do evento que a escolha da cidade-sede, Foz do Iguaçu, famosa por suas espetaculares cataratas, foi a mais acertada para discutir o tema, a cooperação em torno da conservação de água.

Richa também apresentou projetos de preservação do meio ambiente através de uma "agenda verde", entre eles o investimento de R$ 53 milhões em um sistema de prevenção de desastres naturais que possibilitará uma previsão de 3 dias de adiantamento.

No fórum, estiveram presentes ativistas ambientais como o advogado Robert Kennedy Jr., a ministra do Meio Ambiente do Brasil, Izabella Teixeira, a ex-ministra e ex-candidata presidencial Marina Silva e representantes de ONGs como SOS Mata Atlântica, Fundação Amazonas Sustentável e WWF. EFE

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Um em cada cinco brasileiros entre 18 e 25 anos não estuda, nem trabalha; entenda o problema.

Publicado Por: Rodrigo Ramon
Um em cada cinco brasileiros entre 18 e 25 anos não estuda, nem trabalha; entenda o problema
Reprodução
Ouça o Áudio
Andrea Ramal
Embed:
Você sabe o que são os “nem-nem”? É dessa forma que são chamados nos círculos acadêmicos os jovens que nem estudam e nem trabalham.

Essa é uma parcela da população que cresceu significativamente entre o censo do IBGE de 2000 e o de 2010.

Atualmente, um em cada cinco brasileiros entre os 18 e 25 anos não trabalha nem estuda.

Clique no áudio e confira entrevista com a educadora, doutora em educação pela PUC do RJ e consultora Jovem Pan, Andrea Ramal.

sábado, 27 de julho de 2013

Músicas candidatas ao Oscar serão apresentadas em show prévio à cerimônia


Publicado Por: Agência Efe
Los Angeles (EUA), 11 jul (EFE).- A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood planeja apresentar as canções e trilhas sonoras candidatas ao Oscar pela primeira vez em um show prévio à cerimônia, segundo um e-mail enviado pelo braço musical da entidade e publicado pelo blog especializado "Deadline".

O evento vai acontecer no próximo dia 27 de fevereiro no edifício Royce Hall, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA).

A 86ª edição do Oscar 
Publicidade
será realizada no dia 2 de março no Teatro Dolby, de Hollywood.

"Na última edição dos Oscar, a cerimônia contou com a interpretação das cinco canções indicadas pela primeira vez em vários anos (...). No entanto, as trilhas sonoras não foram incluídas na cerimônia de forma completa devido à duração do evento", escrevem na carta os dirigentes do braço musical da Academia: Charles Fox, Arthur Hamilton e David Newman.

"Este show é realmente um marco na história musical dos Oscar; este palco para a música indicada ao Oscar se transformará, com sorte, em um evento anual", acrescentaram.

Se a agenda de cada compositor permitir, todos os indicados estarão presentes para apresentar suas próprias obras. Também esperam atrair os artistas encarregados da interpretação.

Segundo o "Deadline", se tratará de um evento não televisado, como ocorre com a entrega do Oscar honorário, que é entregue meses antes da cerimônia. EFE

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Estádios construídos para Copas provocam polêmicas no Brasil

10/07/13 - 12h42
Publicado Por: Nahama Nunes
Estádios construídos para Copas provocam polêmicas no Brasil
AGÊNCIA BRASIL
Ouça o Áudio
José Nêumanne
Embed:
O povo brasileiro foi às ruas para protestar contra os gastos abusivos com a construção de estádios para a Copa das Confederações e Mundial de 2014.

O comentarista da Jovem Pan José Nêumane Pinto teve a oportunidade de assistir ao jogo entre Flamengo e Curitiba neste final de semana, na arena Mané Garrincha, e questiona como o governo gastou R$ 1,5 bilhão para a construção de um estádio que nem sequer tem um gramado decente.

O clássico entre Botafogo e Fluminense, também disputado neste final de semana, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, também gerou muita polêmica ao ser realizado a mais de dois mil quilômetros da capital carioca. Sobre o assunto, confira a analise do comentarista na íntegra. 

terça-feira, 23 de julho de 2013

Como Estimular uma Lista de Preconceitos Desde Cedo

Há algumas semanas eu fui a um churrasco em um prédio que eu não conhecia ninguém. Um amigo meu tinha sido convidado por um convidado (típica situação que normalmente termina em roubada). Quando cheguei lá, percebi que se tratava de um churrascão típico de família careta, bem careta mesmo. As únicas pessoas que tinham alguma tatuagem eram eu e o meu amigo convidado do convidado. O evento era basicamente 40% de idosos, 40% de crianças, 19% de adultos casais, e 1% de penetras tatuados (eu e meu amigo). Pra não ficar chamando de “amigo”, vou dar o nome fictício de Marcelo (ele prefere que o nome dele não seja divulgado).
Com apenas dez minutos que chegamos, Marcelo começou a conversar com o cara que o convidou, e junto na conversa, estava um rapaz com um cabelo tão bem penteado que se o furacão Sandy passasse por ali, destruiria tudo, mas o cabelo dele continuaria exatamente igual. Cheguei perto, mas não interagi, fiquei apenas observando (eu estava morrendo em constrangimento eterno, pra ser bem sincero). De repente se aproxima um garotinho, sei lá, devia ter uns oito anos. Era filho do rapaz com o penteado “anti-hecatombe”. O moleque deu a mão para o pai, e fixou o olhar nas tatuagens de Marcelo por uns cinco segundos. Senti o pai dele um pouco tenso com a situação, e aí o guri mandou na lata…
  • Pai, você não disse homem que usa tatuagem ou é maconheiro ou é viado?
  • Como é, meu filho? (completamente desconcertado).
  • Você me disse que todo homem que tem tatuagem ou é maconheiro ou é viado… (Em tom seco).
  • Não filho! Claro que não! Papai nunca te disse isso! Uma vez eu te disse que eu e sua mãe jamais faríamos uma tatuagem na gente… Algum coleguinha deve ter te dito isso… Não foi aquele menininho que às vezes você conversa, o filho do porteiro da escola, que te disse isso não?
Percebendo o constrangimento de “cabelo anti-hecatombe”, Marcelo tentou aliviar a barra do rapaz…
  • Man, relaxe… Criança é assim mesmo…
  • Não cara, mas eu nunca disse isso! Isso é coisa que ele deve ter ouvido na escola!
Criança, que é um ser escroto de sincero, jamais deixaria aquela mentira passar em branco. O gurizinho emendou…
  • Mas pai, você fala isso sempre, não ouvi isso no colégio não… Ô mãããããe! Papai não diz que homem que tem tatuagem ou é maconheiro ou é viado?

(Imagens – Internet)
Twitter - @ArteNaPele_iB

domingo, 21 de julho de 2013

Divas do Entretenimento Adulto Tatuadas

Ficou comum ver garotas tatuadas na indústria pornográfica (principalmente na mais forte delas, a americana). Nos primórdios do cinema erótico, uma mulher tatuada era colocada em uma película apenas para atingir um público específico. Só que em pouco tempo, com a explosão da tatuagem no mundo, as coisas mudaram, e hoje, algumas das maiores estrelas do entretenimento adulto são tatuadas, algumas inclusive ultrapassam esse segmento de mercado, “migrando” para o mainstream, como o caso de Jenna Jameson. Algumas imagens dessas divas.
Jenna Jameson
Belladonna
Joanna Angel
Julia Bond
Teagan Presley
Twitter – @ArteNaPele_iB

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Uma diva chamada Christy Mack


Filme pornô é um gênero de filme que 99% dos homens gostam e 99% das mulheres ou não gostam ou simplesmente ficam indiferentes. É interessante, isso mostra como os dois bichos (mulher e homem) são diferentes.
Pra começar, o cinema adulto (focando na indústria nacional e americana) parece ser feito basicamente direcionado ao público masculino (e no caso, estou me resumindo a falar sobre filmes direcionados para heterossexuais). O fato é que a atriz é sempre a estrela. Closes no seu corpo, nos olhos, boca, coxa, seios, bunda. Quem vende o filme é ela. O ator… Bem, o ator se resume a um pau. É sério isso, é possível um ator ter dezenas, centenas de trabalhos, e nem a mãe dele se ver o filme percebe que é ele, a não ser quando rola algo tipo “uma pinta da Angélica , que aí entrega o malandro.
Já ouvi muitos relatos de amigas falando sobre filmes eróticos e realmente nunca nenhuma disse que se sente “excitada” com qualquer cena. Para a maioria é indiferente, fora uma que disse ter tido uma crise de riso ao constatar que um ator tinha o “pinto” muito torto. Outra questão que sempre me deixou curioso é que nos filmes nacionais que já assisti, todo mundo faz sotaque carioca (Sim! É “faz” mesmo, porque dá pra perceber que nego não é carioca e tá forçando a barra). Que porra é essa? Só quem gosta de sexo é o carioca, é?
Tem muita gente acha que se trata de indústria que explora as mulheres. Me manterei isento de opinar sobre isso, mas gosto de uma declaração de uma das principais estrelas do meio, Michelle Anne Sinclair, mais conhecida como Belladonna. Ela diz que sim, que se sente usada, só que não mais do que ela mesma usa a indústria. Está milionária, e não se sente culpada, muito pelo contrário: hoje tem a sua própria produtora. Já chegou a declarar que se sentiu desconfortável em algumas cenas, mas comparou a um dia ruim de trabalho, como qualquer outro ofício pode proporcionar. Diz que filma ainda porque gosta, e acha que colocar as mulheres como vítimas do meio é babaquice. É como se o mundo achasse que é impossível que uma mulher, em sã consciência ou “de bem com a vida” não pode ser feliz nesse tipo de profissão. Enfim…
Bem… Sendo feito somente para homens ou não, o fato é que a imprensa especializada americana sempre tem suas apostas para quem será a próxima deusa da polêmica e controversa indústria pornográfica. E atualmente, a nova aposta para esse estrelato é uma diva jovem e tatuada, estilosa e absurdamente linda, que atende pelo nome de Christy Mack. Ela seria uma ótima companhia para o fim do mundo, não?Repare como tatuagens podem ser um auxílio na arte da sedução.
Senhoras (tem algumas, talvez?) e senhores (muitos, com certeza!)… Christy Mack.


PS – Para ampliar as fotos basta clicar em cima.
iBahia - Antes da divulgação, preços dos ingressos da Copa vazam no site da Fifa

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Jovens dizem 

terem sido 

agredidas por segurança 

em casa 

de shows de Salvador


Uma delas teve a mão 

fraturada em queda. 

Groove Bar falou sobre 

a sua versão dos fatos 

e alega que a confusão 

aconteceu entre clientes





A casa de shows Groove Bar envolveu-se em mais uma polêmica com clientes. Duas jovens dizem terem sido agredidas no último sábado (6) por um segurança do local após um suposto desentendimento na fila para pagar a conta.


Segundo um relato do tio de uma das vítimas, o dramaturgo e 

diretor de teatro Claudio Simões, que foi confirmado por sua 
sobrinha Bárbara Simões, de 22 anos, quatro meninas, que 
costumam frequentar a casa de shows, estavam no Groove Bar 
no último sábado. Duas delas, chamadas Mariana e Marina, 
também sobrinhas de Simões, já haviam pago a conta e as 
outras duas, entre elas Bárbara, entraram na fila para efetuar 
o pagamento.

Mariana e Marina se juntaram às outras meninas na fila e, de 

acordo com o relato, um segurança acusou Mariana de ter 
furado a fila. Ela teria mostrado o cartão de liberação e explicado 
que já havia efetuado pagamento, estando ali somente para fazer 
companhia às outras meninas. Então, o segurança teria insistido 
que ela deveria sair do local e Mariana concordou. Quando ela
 já estava saindo, outro segurança teria a abordado de forma 
agressiva, com o dedo em riste em seu rosto. Ela teria batido no
dedo deste segurança, que teria a imobilizado, torcido o seu 
braço e puxado os seus cabelos, empurrando-a depois para 
fora da casa de shows. 

Ao ver a cena, Bárbara teria saído da fila e discutido com o 

segurança, que também a colocou para fora do estabelecimento. 
A jovem caiu e, na queda, teve a mão fraturada.

De acordo com o relato, o segurança ainda quis partir para cima 

de Marina, mas outros clientes não teriam permitido. As garotas 
teriam chamado a polícia e, quando esta chegou ao Groove Bar, 
o segurança que teria agredido as duas meninas havia sido 
levado para dentro da casa de shows e não foi localizado.

Bárbara Simões conta que procurou o gerente do Groove Bar, 

Plínio Marcos Silva, que afirmou que as meninas deveriam 
tomar as providências delas que eles tomariam as providências 
deles. Além disso, ela perguntou o nome do segurança que 
supostamente teria a agredido, mas ele não quis divulgar. 
Segundo a jovem, o estabelecimento não entrou em contato 
com ela após o ocorrido.
Bárbara teve a mão fraturada

"Eu sempre tinha frequentado o Groove Bar, tinha sido bem tratada,

até o episódio de sábado", contou a jovem ao iBahia. Bárbara relatou 
que prestou queixa na 14ª Delegacia (Barra) e fez exame de corpo de delito. 
Ela também foi à emergência ortopédica de um hospital, pois 
teve a mão fraturada. O médico, inclusive, disse que há possibilidades 
de ela ter sequelas. A jovem é estudante de jornalismo.

Por meio de página no Facebook, o Groove Bar falou sobre a sua 

versão dos fatos e alega que a confusão aconteceu entre clientes 
(veja nota na íntegra abaixo). O estabelecimento lamentou o ocorrido 
e informou que está a disposição para quaisquer esclarecimentos e dúvidas. 

Outros casos
Esta é a terceira vez que o Groove Bar é acusado de agressão contra os clientes. 

Em 2011, o estudante Bruno Abreu da Silva, que na época tinha 32 anos, 
homem foi que atirou em Bruno foi apontado como segurança do lugar,
mas o estabelecimento negou. O segundo caso aconteceu em julho 
de 2012, quando o designer gráfico Márcio Damasceno, na época 
com 29 anos, acusou o estabelecimento de ter sido algemado por 
cinco seguranças e agredido até ter seu nariz quebrado.  

Nota do Groove Bar na íntegra
O Groove Bar, ciente dos acontecidos nas suas dependências na 

noite de sábado, 06 de julho de 2013, esclarece alguns pontos sobre 
uma narrativa referente a uma confusão no estabelecimento, que vem 
sido compartilhada em redes sociais.

1. A confusão aconteceu entre clientes, diferente do que está sendo afirmado na narrativa;

2. Uma das quatro clientes envolvidas já havia pagado a comanda e 

já estava com o cartão de liberação em mãos. Ela fazia companhia a outras 
duas que ainda estavam na fila, aguardando o momento de efetuar o pagamento;

3. Um dos seguranças da casa questionou o lugar que ela se encontrava na fila, 

e a cliente apresentou o cartão de liberação, entretanto, permanecendo no local. 
Um outro cliente da casa interpelou-a posteriormente por acreditar que ela estava 
furando a fila. A partir deste mal entendido, iniciou-se a confusão, direcionando-se
 para a saída do bar;

4. Já fora da casa, as referidas clientes chamaram a Polícia Militar da Bahia. 

O gerente da casa e o porteiro da noite responderam aos questionamentos 
dos policiais, que informaram a impossibilidade de realizar qualquer tipo de 
ação naquele momento, pois o outro cliente envolvido já havia se ausentado 
do local. Os policiais sugeriram que elas se dirigissem à delegacia mais próxima.

O Groove Bar informa que os seguranças trabalham na casa utilizando terno 

e gravata, fones e pontos de ouvido, conforme as normas e padrões técnicos 
pertinentes a esta área e sob a chancela do Sindicato das Empresas de 
Segurança Privada do Estado da Bahia.

O Groove Bar lamenta o ocorrido e ressalta que está à disposição para 

quaisquer esclarecimentos e dúvidas
.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Bailarino é expulso de escola por carreira no pornô gay




Bapho! Um promissor bailarino está acusando a academia de dança Royal Winnipeg Ballet, no Canadá, de expulsá-lo injustamente! O motivo?! Descobriram que ele também dava expediente como ator pornô gay!

O dinamarquês Jeppe Hansen, de 22 anos, já dançou em palcos de Nova York e Copenhague, sua cidade natal, antes de ingressar na renomada escola canadense, em setembro de 2012! Ele ganhou bolsa integral, conquistando a vaga após rigorosa seleção entre candidatos de diversas partes do mundo!

“Minha identidade é construída em ser um bailarino. Para mim, estudar lá era uma grande oportunidade”, contou Hansen ao site CBC! Mas, no início de 2013, Hansen apareceu em seu primeiro filme pornô, um projeto paralelo e uma oportunidade, ele disse, de se expressar de uma nova maneira! E os diretores da academia de dança descobriram!

“Eles me disseram que não tinha nenhum espaço para mim porque eu fiz filme pornô”, contou! Ainda de acordo com o bailarino, a administração da escola obrigou que ele assinasse uma carta dizendo que ele voluntariamente pediu para se desligar da instituição.

Jeppe Hansen deixou a escola em março! E em abril, se mudou para Nova York para tentar emplacar na carreira do entretenimento adulto gay, sob o codinome de Jett Black!

Ao que parece, o ex-bailarino Jeppe Hansen, que agora virou o astro pornô Jett Black, parece finalmente ter encontrado sua real vocação! Mas ele garante que não abandonou a dança! “Minha carreira no balé não acabou. Estou dando um tempo das performances e eu tirarei essas férias até que eu encontre um lugar onde eu me encaixe como bailarino”.

~ APENAS ACHEI PURA MALDADE POR PARTE DO POVO DA ESCOLA!


EXPLICAÇÕES ~ Nos últimos dias tenho recebido dezenas de e-mails de gays reclamando que o blog não é mais o mesmo, que as matérias estão péssimas, que não posto mais putaria e que nada mais aqui é novidade. Claro, se isso está acontecendo algum motivo deve haver.

Euzinho tenho a linda e deliciosa obrigação de cuidar dessa budega, não ganho nada por isso, faço por diversão mesmo, porém as ultimas semanas estão bem complicadas pra mim, o é que claro tem afetado o número de postagens do blog, mas sempre que posso faço questão de atualizar isso aqui.

Se você pequena gay que lê, acessa, bate curiríca e indica esse blog prazamigas, está puta de raiva porque o blog esta desatualizado, fica fria, isso é sinal de que eu estou ocupadíssimo com o meu trabalho de verdade [aquele que me dá dinheiro], e por isso não pude postar nada. Agora se você quer mesmo ajudar, sai catando notícias boca.de.se.fuder do gay.world, faz um texto rasgadíssimo parecido com esses que escrevo e manda pra mim, que eu prometo postar ~ assim, ao invés de falar merda, vocês vão poder contribuir com esse espaço tão lindo que é o Para Mocinhos ~ e claro, eu vou dar os créditos de cada um.

Agora falando de coisa seria: não vou postar os vídeos do Jeppe, digo, do Jett dando o cooh, porque graças a Dells, essa é uma página de família.

sábado, 13 de julho de 2013

Dia mundial do Rock



[editar]
História

Em 13 de julho de 1985Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra e na Filadélfia, nos Estados Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia e contou com a presença de artistas como The WhoStatus QuoLed ZeppelinDire StraitsMadonnaQueenJoan BaezDavid BowieBB KingMick JaggerStingScorpionsU2Paul McCartneyPhil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.[1]
Foi transmitido ao vivo pela BBC para diversos países e abriu os olhos do mundo para a miséria no continente africano. 20 anos depois, em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8 como uma nova edição, com estrutura maior e shows em mais países com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres erradicar a miséria do mundo.
No Live 8 o Grupo de Rock Britânico Pink Floyd tocou junto, depois de 20 anos de separação.
Desde então, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.


No show da Filadélfia, Joan Baez abriu o evento executando "Amazing Grace", com cerca de 101 mil pessoas cantando em coro o trecho "eu estava perdido e agora me encontrei, eu estava cego e agora consigo ver". Este show marcou também a única reunião dos três sobreviventes da banda Led Zeppelin, Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones, com a presença ilustre de Phil Collins na bateria.

No final deste show, Mick Jagger e Tina Turner juntos, cantando "State of Shock" e "It's Only Rock and Roll", com Daryl Hall, John Oates e os ex-integrantes dos Temptations, David Ruffin e Eddie Kendrichs fazendo os backing vocals. Foi realmente um momento único na história do ROCK!


O Live Aid conseguiu em 16 horas de show acumular cerca de 100 milhões de dólares, totalmente destinados ao povo faminto e miserável da África. Isso é a cara do ROCK AND ROLL!

ROCK AND ROLL!


Ocorreu um erro neste gadget